ATIVIDADES

De Carmen Miranda a JK: uma introdução às chanchadas

40 vagas
A partir de 14 anos

A Palestra Uma introdução às chanchadas tem como maior objetivo fazer um breve apanhado histórico do período em que o cinema brasileiro, ancorado principalmente na comédia e no musical, mais se aproximou de uma indústria. Um período que tem ecos nos anos 1920, seus primeiros passos mais firmes nos anos 1930 e vai até o início dos anos 1960. Um período que englobou alguns dos maiores nomes do século, no cinema nacional, ao mesmo tempo em que costuma ser visto como um momento formado por obras, em sua grande maioria, de baixo valor artístico. Assim, a palestra busca mostrar, analisar e discutir trechos de longas que, sejam pela atuação, pelo roteiro ou pela mise-en-scène, representam as chanchadas e, simultaneamente, trazem qualidade e sofisticação.

Leandro Afonso

Leandro Afonso é graduado em Comunicação pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor da Academia Internacional de Cinema (AIC) e do Instituto de Cinema (InC). Pesquisa mise-en-scène, história do cinema, gêneros cinematográficos, cinema independente, cinema brasileiro e cinema latino-americano. Diretor dos curtas "Nunca Mais Vou Filmar" (2012), "Lara" (2013), "Habeas Corpus" (2014) e "Argentina, Me Desculpe" (2015). Em pós-produção de primeiro longa, "Tio Bruno" (2020)