NOTÍCIAS

Cidades do Pontos MIS recebem programação do Festival do Minuto 2017

11 Mai 2017

O Pontos MIS, programa do Museu da Imagem e do Som, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, que tem por objetivo difundir o audiovisual no Estado, levará sessões do Festival do Minuto 2017 a 115 cidades participantes.

Os municípios integrarão a Rede de Exibição do Festival, que apresenta, entre 22 e 28 de maio, uma programação diversificada com conteúdos selecionados pela curadoria do Festival - promovendo, assim, a difusão gratuita da produção audiovisual independente.

Em 2017, o público poderá conferir três mostras especiais:
- Melhores Minutos de 2016 (livre, 52 min): seleção de vídeos que abrange diversos assuntos e técnicas - vídeos filmados com celular, animações, vídeo arte, entre outros;
- Mostra Universitária (livre, 24 min): vídeos produzidos por estudantes e professores;
- Mostra Animação Infantojuvenil (livre, 20 min): animações lúdicas voltadas para o público mais novo do festival. Colagem, 3D e stop motion estão entre as técnicas utilizadas.

As 115 cidades do Pontos MIS que receberão a programação do Festival do Minuto 2017 podem ser consultadas no site oficial do programa: www.pontosmis.org.br.

Sobre o Festival do Minuto
Criado no Brasil em 1991, inspirou a criação de festivais do minuto em mais de 50 países. Nestes anos, mais de 50 mil vídeos foram recebidos dos questro cantos do planeta. A partir de 2007, o Festival tornou-se permanente e online, passando a realizar inúmeros concursos no decorrer do ano. Offline, o Festival é exibido em mais de 400 equipamentos culturais de mais de 100 cidades brasileiras, é a já tradicional rede de exibição do minuto, quando exibimos os melhores minutos do ano anterior.
No acervo, há vídeos de diversos atuantes realizadores e artistas: Carlos Nader, Anna Muylaert, Fernando Meirelles, Beto Brant, Tata Amaral, Kiko Goifman, Walter Carvalho, entre outros.
Mais informações: www.festivaldominuto.com.br

Sobre o Pontos MIS
Levar a programação do MIS para outros centros é uma das principais linhas de atuação da gestão do Museu. Para tanto, em dezembro de 2011, foi inaugurada uma rede regional no Estado de São Paulo chamada Pontos MIS. Em forma de programa sistematizado, o Pontos MIS nasceu com o objetivo de promover a circulação e difusão audiovisual, além de formação de público e circulação de obras do cinema. Estabelecendo vínculos para criar pontos de difusão audiovisual espalhados pelo Estado, o projeto é uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som e as mais de 100 cidades participantes.