NOTÍCIAS

Pontos MIS realiza sessões especiais com os filmes do caipira mais popular do Brasil

21 Jun 2013

Pontos MIS inaugura o mês de junho com nova programação, incluindo filmes clássicos do cinema brasileiro e oficinas de audiovisual. O Museu da Imagem e do Som da Secretaria de Estado da Cultura apoia a difusão cultural e incentiva a formação de público levando exibição para espaços alternativos e promovendo o acesso ao cinema.

Os municípios recebem nesse mês filmes do Mazzaropi, como o “Um Caipira em Bariloche (1973) que conta a história de um fazendeiro ingênuo que cai na conversa do genro e vende suas terras para um vigarista que engana todos, inclusive sua própria esposa. Por pura armação, os dois acabam indo parar em Bariloche. Em meio a confusões e gargalhadas na neve, o caipira começa a juntar os fatos e retorna às suas terras para desmascarar os vilões.

Esse mês contará também com clássicos do cinema de horror brasileiro de José Mojica Marins “À Meia noite levarei sua alma” e “Esta noite encarnarei no teu cadáver”, produções da Boca do Lixo que resgatam o universo do horror. O longa conta a história de um coveiro que desejava ter um filho perfeito e por conta disso, resolve cometer uma série de crimes para atrair a ira das almas do outro mundo.

“À Meia noite levarei sua alma”, que foi um grande sucesso de bilheteria e marcou o cinema brasileiro, agora terá sua exibição em alguns municípios do Estado de São Paulo, como Taubaté e São José dos Campos.
As sessões terão a participação especial da filha do cineasta, Liz Vamp, que vai realizar um bate papo após a exibição dos filmes de seu pai e de seu curta-metragem “Aparências”.

O projeto Pontos MIS oferece também novas oficinas de audiovisual. A novidade para o mês de junho é a Oficina de Videoclipe, ministrada por Maya Guizzo, que procura traçar um panorama de produções marcantes na história do videoclipe com o propósito de incentivar os alunos a realizarem suas próprias produções e compreenderem a linguagem audiovisual aplicada na montagem de videoclipe. Outra novidade é a oficina Fotografia: uma questão de ponto de vista, ministrada por Nati Canto, que propõe traçar a formação de um olhar livre e experimental guiado por equipamentos analógicos e digitais que oferecem a liberdade de escolha no estilo fotográfico, através do cinema, da fotografia e de referências estéticas que contribuem para a construção do olhar fotográfico.

Além das atividades decorrentes no mês, o programa disponibiliza plataformas online para divulgar toda a programação e atender o público interessado em cinema. Acesse o site do Pontos MIS e a nossa página no Facebook  para acompanhar as últimas novidades do projeto.